Translate

domingo, 15 de maio de 2011

O mundo tem sede!

São 6 milhões de litros de água por segundo que escorrem pelas cataratas do Iguaçu. E os índios Simas, da América do Norte, dizem que a Mãe Terra foi fecundada por uma única gota d'água!
Inhotim é assim, cheia de lagos e fontes. A natureza preservada agradece. Afinal, o corpo tem sede. O espírito também!
Poço Azul, na fonte de Xkeken - México (foto de John Stanmeyer). Para os maias, esta fonte de águas puras na península de Yucatán, levava ao mundo dos mortos. Para eles, a água é a fonte e a origem, o reservatório de todas as possibilidades de existência.
A urbanização das encostas no litoral fluminense colabora para os desastres ambientais provocados pelas chuvas e inundações.
Em alto mar, longe da aglomeração da população do litoral, a água limpa e rica em biodiversidade só permite a super população de aves e peixes!
Uma parte ainda pouco explorada do rio Araguaia, um dos mais caudalosos do país, divisa de Goiás com Mato Grosso. Aqui ainda se pode ver jacarés entrando e saindo da água, tuiuiús voando e botos mergulhando...
Aqui nasce uma água límpida que corre nas partes baixas da Serra do Cipó. Bebi para matar a sede, mas não tive coragem de entrar, de tão gelada!!!



Todos sabemos que o nosso planeta azul é cheio de água. Só que 97% dela é salgada, 2% está nas geleiras e só 1% é água doce! Então, como é possível hoje em dia desperdiçar tanta água? Ainda me espanta ver pessoas lavando calçadas de prédios ou casas com a mangueira jorrando água sem parar. Quantos litros se vão sem que sejam devidamente reutilizados? Acho que falta um pouco mais de consideração com a própria humanidade, que já vem sofrendo com a falta de água. Gente, o mundo tem sede! Como os próprios cientistas confirmam, não houve mudança no teor de umidade na Terra. A água que os dinossauros bebiam há milhões de anos é a mesma que hoje vem em forma de chuva. Já pensou? A água funciona como o sistema circulatório do mundo e nós surgimos desse caldo líquido há muito, muito tempo atrás. Ela determina o clima e, com isso, as mudanças climáticas. Por isso as alterações nos padrões das chuvas provocam inundações em umas áreas e secas em outras. Litorais densamente povoados, como o Rio de Janeiro, sofrem à medida que o ar superaquecido acima do oceano gera mais chuvas e inundações gigantescas. Geleiras como o Himalaia estão encolhendo, e é esta água que mantém vivas as populações de cinco países. São tantas catástrofes que nós já estamos perdendo a capacidade de ficar chocados! O Brasil ainda detém a maior quantidade de água doce do mundo, mas nem por isso devemos acreditar nesta generosidade infinita da Terra. É preciso conhecer melhor "nosso" lugar e preservar....para depois poder contemplar.

12 comentários:

  1. o post é lindo, como de costume.
    E realmente, Bia... o ser humano não aprendeu que a água é um bem escasso, que deve ser tratado com muito cuidado. no prédio q moro a gente usa um sistema de captação de água de chuva (para uso geral)e potável para cozinhar e beber. mesmo sendo água captada, pede-se (e controlam tb) para que não desperdicemos, pois é água que precisa voltar pra natureza.

    o complicado é que o ser humano sempre aprende a remediar, mas prevenir... então só na seca aprenderemos o valor da água?

    bjs e bom domingo

    ResponderExcluir
  2. Pois é Alexandre, a água já é escassa em algumas partes do planeta. Temos que ter cuidado para que isso não seja motivo de mais guerras, como já ocorre! A ciclagem natural da água já dura milhões de anos, mas só continuará se a agua não se esgotar. Gostei do exemplo de seu prédio aí no Japão. Se todos fizessem assim...
    Beijos e uma boa semana!!!

    ResponderExcluir
  3. Bia

    se alguma coisa não mudar, mesmo!

    estaremos a lutar pela água não faltará muito...

    aqui em Portugal, esbanjamos tanta água, apesar de existirem zonas onde ela já é escassa

    um beijo

    manuela

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso Bia, como sempre! Fotos divinas... É fundamental cuidarmos de nossa água mesmo para que não falte para as próximas gerações... Mas as pessoas ainda não se deram conta desta importância e percebemos isso nos mínimos detalhes do dia a dia... Beijo, beijoooo!
    She

    ResponderExcluir
  5. O mundo tem MUITA SEDE mesmo Bia!
    Fico imaginando quando as reservas se esgotarem...a vida tb se esgotará, mas tenho esperança nas futuras gerações, que já estão sendo criadas com mais consciência ecológica! O problema do SER HUMANO é a educação ou a falta dela...isso é triste...me sinto agredida quando vejo alguém jogando lixo na rua, quando vejo um rio poluido...a natureza é sábia, vai buscar tudo o que tomaram dela!
    E a água? Vamos economizar e preservá-la!
    Um beijo grande e parabéns pelo teu post!

    ResponderExcluir
  6. Bia, querida!
    Vortei! Eu tava descansando lá no meu paraíso gelado. 8 graus à noite, mas tava bão demais! hehe

    Teu post, além de lindo de morrer, com fotos maravilhosas, fala de uma coisa tão importante, tão séria e que, infelizmente, as pessoas ainda não acordaram para o assunto que é problema, principalmente para aqueles que sofrem tendo que buscar água tão longe para beber e viver.
    O Brasil, sendo detentor de uma dos maiores lençóis freáticos do mundo, gasta e não dá valor a este líquido tão precioso. Fico pra morrer quando vejo os porteiros dos prédios aqui da cidade, lavando portarias com a mangueira aberta. Mas o porteiro do meu prédio nem pensa em fazer uma coisa dessas, porque eu e outros daqui jamais permitirão. Falo mesmo e explico toda esta questão.
    um super beijo carioca

    ResponderExcluir
  7. Olá Manuela
    Aqui no Brasil também andamos esbanjando muita água, sem parcimônia, o que é pior!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Oi She
    Talvez seja falta de consciência, ou falta de vontade mesmo... A nossa geração é responsável pelo futuro das gerações seguintes!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  9. Ei Flavia!
    Também fico passada quando vejo gente jogando lixo na rua e nos rios e mares. Uma vez, quase me acertaram uma lata de refrigerante jogada pela janela de um carro, acredita??? Não é fácil conviver com tamanha falta de educação!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Bia

    Maravilhas como sempre em seu post, e o mais importante falando de um assunto muito sério.
    A falta de consciência está acabando com o bem maior que nos veio de graça.
    Educação e respeito com a Natureza já!

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  11. Bia, em Timor víamos a luta do povo por um pouco d'água. Toda noite era a mesma cena: famílias inteiras entrando na praça para tomar banho e levar um tanto pra casa. E a água era turva, sem qualquer tratamento.
    É preciso dar mais valor ao que temos hoje em abundância. Amanhã ninguém sabe o que vai acontecer.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Ei Bia, boa noite
    Fotos espetaculares, assunto de suma importância e vital para todos nós.
    Tenho horror a desperdício, principalmente este bem precioso, a água.
    O brasileiro de uma maneira geral ainda não tem consciência do problema.
    Bjo

    ResponderExcluir