Translate

sábado, 15 de novembro de 2014

Remoto, misterioso e belo!



Ainda há lugares nesse mundo em que certos adjetivos caem muito bem, como 'remotos' e 'misteriosos'. A ilha de Nova Guiné, coberta por sua floresta tropical, parece ser de outro planeta!


Lá chove muito e não tem esse período de seca, como no Brasil. Sem dúvida é um lugar de natureza exuberante, com mangues, florestas de várzea e de altitude, savanas, rios imensos e a mais alta montanha do leste do Himalaia. Isso tudo tem resistido ao longo dos anos a terremotos, ciclones e deslizamentos de terra. O rio Sepik, que corta a Nova Guiné, está na lista dos mais longos do mundo, com pouco mais de 1.000 km. Um rio grande, tortuoso e rodeado de florestas e cachoeiras inspira a vida do povo da região. Nas tribos ao longo do rio os homens convivem tranquilamente com os crocodilos - que podem atingir 6 metros de comprimento! Este crocodilo gigante tem a má reputação de ser devorador de homens, mas ainda assim é um bicho venerado por lá. Tanto que em algumas tribos os homens costumam escamar a pele imitando as costas do animal, ficando assim marcados para o resto da vida. Mas o que realmente me impressionou quando li sobre os povos do noroeste do Pacífico é que para eles "grandes homens não gostam de ser vistos como egoístas". Nessas sociedades, qualquer diferença em aquisição de riqueza só é tolerada se toda a comunidade se beneficiar. Em uma tribo a oeste do rio Sepik, um deles diz com toda convicção: "Um homem não deve tolerar uma situação em que o vizinho tenha mais do que ele. Um homem não deve possuir nem bens nem poder em prejuízo de outros". O antropólogo Michell completa: "É a derrota da hierarquia, é uma maneira incomum de aplainar as diferenças finaranceiras". Pensando bem, acho que seria muito bom se pudéssemos enviar alguns corruptos e corruptores (palavras tão comuns aqui no país) para aprender com essas tribos que a riqueza não foi feita para ficar nas mãos de poucos (deles, é claro!). Depois dizem que são povos primitivos. Eu vejo sabedoria. Um pouco de delicadeza também não faz mal a ninguém!  

Cada tribo tem a sua história, passando a cultura para os mais novos. Um pequeno grande detalhe que eles aprendem desde cedo: na constituição do país está escrito "Unidade na diversidade", nada mais adequado!

Um filhote crocodilo da Nova Guiné, que ainda vai crescer bastante! Mas no rio Sepik eles são adorados pelos homens, que até imitam sua pele, literalmente!

Viver assim sobre palafitas, rodeados de floresta tropical, enfrentando ciclones e tufões num rio repleto de crocodilos.....parece mesmo um filme de aventura!

Um pedacinho do rio aqui:




14 comentários:

  1. É lindo e assustador este lugar, mais parece de filme, uma coisa tão diferente do que estamos acostumados.
    Eu gostaria de ver, mas acho que tenho medo, não posso nem pensar num gigante crocodilo desses chegando perto de mim.
    Estas pessoas que lá vivem, parecem tão integradas, um só corpo integrado nesta biodiversidade, algo que não devia ser nunca maculado, parece um santuário.
    Agora vou dormir, pensando nestas imagens.
    umbeijinho carioca e bom fim de semana, amiga Bia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth!
      O lugar parece mesmo um paraíso, não! Bem que eu gostaria de navegar por esses rios e descobrir lugares intactos na Nova Guiné.... Mas isso é para aventureiros com patrocínio, he he.
      Ainda bem que existem pessoas totalmente integradas na natureza como esses povos, e que aprendem sozinhos como deve se viver em sociedade. Isso sim é que é desenvolvimento!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Uau... Bia, espetáculo de matéria, a música caiu feito uma luva no seu texto bacana, adorei conhecer sobre estes povos misteriosos, diferentes, parece até cenário de filme.
    Excelente!!
    Um beijo pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro aprender sobre essas culturas diferentes, sempre tem algo a acrescentar. E quando são lugares exóticos e ermos como este, a fascinação aumenta!
      Grande beijo e uma boa semana!

      Excluir
  3. .

    .

    . querida bia .

    .

    . uma página lindíssima e tão sacra . que nos transporta de imediato para um dos lugares mais recônditos do mundo . ainda a salvo . ainda a natureza no seu estádio puro . ou inato .

    .

    . o filme da entrada leva.nos a uma ascese que tanto nos dignifica .

    .

    . parabéns por esta postagem . está . simples.mente . um espanto.de.tanto . :) .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo
      Você tem razão, ali a natureza parece estar em seu estado mais puro, onde o homem ainda não controla com sua mão de ferro. Temos que cuidar para lugares assim remotos não sejam "estragados", mas também os lugares onde já sofrem algum tipo de destruição precisam de atenção e todo carinho do mundo!
      Bj

      Excluir
  4. I am an American man, and I have decided to boycott American women. In a nutshell, American women are the most likely to cheat on you, to divorce you, to get fat, to steal half of your money in the divorce courts, don’t know how to cook or clean, don’t want to have children, etc. Therefore, what intelligent man would want to get involved with American women?

    American women are generally immature, selfish, extremely arrogant and self-centered, mentally unstable, irresponsible, and highly unchaste. The behavior of most American women is utterly disgusting, to say the least.

    This blog is my attempt to explain why I feel American women are inferior to foreign women (non-American women), and why American men should boycott American women, and date/marry only foreign (non-American) women.

    BOYCOTT AMERICAN WOMEN!

    www.boycottamericanwomen.com

    ResponderExcluir
  5. Lugares fantásticos! Apetece colocar a mochila às costas :)
    Beijinhos nossos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vagamundos
      Tenho certeza de que vocês colocariam o pé na estrada para conhecer este lugar de perto!
      Beijinhos

      Excluir
  6. Fotos incríveis Bia! Mas não sou nem um pouco chegada a aventuras do tipo Indiana Jones...ciclones, tufões e jacarés??? Tôfora!
    Beijuuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Regina, eu bem que tenho alma de aventureira, mas o que fiz até hoje está bem longe de uma "Indiana Jones de saia", rsrs
      Beijocas

      Excluir
  7. Olá querida Bia!
    Que post maravilhoso e que nos provoca a vontade de colocar mesmo as mochilas nas costas e desbravar. Esse mundo é cheio de surpresas, né?! Amei!
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi She!
      Poxa, eu acho que já nasci com essa vontade de sair por aí.....pena que há outras coisas 'tão importantes quanto' para fazer.....que pena!
      Beijos

      Excluir
  8. crocodilos à parte, porque me fazem tremer de medo

    quanta a sabedoria desse povo, primitivo, porque primeiro e único

    lindíssimo o vídeo!

    ResponderExcluir