Translate

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Onde foi que nós erramos?

Este país não é sério! Como pode um lugar cheio de belezas naturais, repleto de praias paradisíacas, montanhas e gente feliz ser tão esquecido pelos próprios governantes? Infelizmente a situação hídrica no país é crítica e pode faltar água sim! Mas em ano de eleição os governos só pensam em se eleger e nada mais. É um salve-se quem puder! Sempre vivemos num país com fartura de recursos e convivemos com a cultura do desperdício. Também não cuidamos de nossos mananciais, e eles precisam de proteção! O clima está mais seco e há anos não chove mais como antigamente. Enfim a população acordou, e agora terá que aprender o que já devia ter entendido faz tempo.....Está faltando água! Temos que economizar luz, água e tudo mais. Certos recursos são finitos e podem nos custar a vida. E aqui, se falta água, falta luz, já que 90% da energia que temos vem das hidrelétricas. E o que dizer das energias renováveis, tão propagadas mundo afora e explicadas por cientistas a exaustão? Elas são caras, tudo bem, mas estão ligadas  a uma série de tecnologias que permitem a sua produção. É preciso começar com uma produção razoável para que um dia elas se tornem baratas. 


Desde a descoberta do fogo o homem passou a tirar proveito da energia térmica. E graças a isso nossas vidas têm melhorado muito (obrigada homem das cavernas!). E tem mais, os navegadores de séculos atrás já utilizavam a energia eólica nas velas de suas embarcações, o que lhes deu energia para descobrir novas terras distantes, como o Brasil (obrigada mais uma vez!). O ser humano sempre buscou novas fontes de energia, mas o homem moderno se perdeu e não soube cuidar. Onde foi que nós erramos o passo lá atrás?
A ciência está aí para ser usada contra a seca iminente. Já é possível captar água da atmosfera sob a forma de vapor. Existem máquinas que fazem este trabalho nos EUA, na França e também no Brasil! Em São Paulo é perfeitamente possível captar a umidade do ar no entorno dos rios que cortam a cidade com estas máquinas. Como? O líquido é desinfetado das bactérias por uma sofisticada filtragem ultravioleta, e então está pronta para ser reutilizada. Também se produz água de reuso através do esgoto, com tecnologia parecida. Já a dessalinização da água do mar é vista pelos cientistas como a grande solução do futuro, para suprir 9 bilhões de habitantes num planeta tão escasso. Um exemplo é o arquipélago Fernando de Noronha, que faz o tratamento da água do mar com auxílio de um gerador elétrico a diesel. Esta miniusina já aumentou a produção de água na ilha o suficiente para atender o turismo local, que cresce a cada ano.
Na Holanda inventaram um sistema que utiliza resíduos do processo da fotossíntese para gerar eletricidade, poupando assim outras formas de energia. A cidade de Hamburg tem sido iluminada por lâmpadas de Led alimentadas com energia retirada das plantas. Além de não causar nenhum dano aos vegetais, o processo consiste no cultivo de plantas em módulos de plástico ligados uns aos outros. A fotossíntese já faz seu trabalho, transformando energia solar, ar e água em açúcares utilizados pelas plantas para seu crescimento. Parte deles é devolvido ao solo como resíduo. É aí que a decomposição desses açúcares começa a liberar prótons e elétrons. O sistema inventado capta essas partículas através de eletrodos e então produz energia elétrica.


A vida não é fantástica? Até os animais agradecem e tiram o chapéu para a tecnologia do bem! Iniciativas que previnem as faltas de abastecimento estão por todo lugar, é preciso desmistificá-las e colocá-las em prática. Afinal, a simplicidade da tecnologia é algo realmente revolucionário!



9 comentários:

  1. Querida Bia
    Maravilha de texto, vibrei com cada uma das suas palavras, você mandou muito bem, quanta coisa tomei conhecimento lendo seu post.
    Todas as vezes que faço algo que nunca fiz antes pra racionar ou economizar água, faço com revolta, não fomos acostumados a isto, não temos esta cultura, e agora estamos diante de uma situação terrível, onde a luz no fim do túnel está muito distante. Nossos dirigentes, nem nós mesmos achávamos que isto aconteceria.
    Chuva só mesmo nesta sua imagem deliciosa.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Bia querida, que post encantador, das imagens às palavras mais que certas!
    Realmente, nós, brasileiros, não sabemos o que é 'falta de', 'guerras', estamos aboletados em berço esplêndido e achamos sempre que o problema é só do governo, esquecemos de fazer a nossa parte e ela pode ser simples e pequena como o ato do beija-flor na parábola, mas se todos assim agirem, não faltará, pelo contrário, viveremos no melhor dos mundos.
    Adorei a imagem da chuva, que linda!
    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  3. Olá Beatriz!
    Muito boa sua postagem sobre um tema tão importante.
    Gostaria de saber que mal há no governo criar leis de incentivo à captação das águas das chuvas em grandes cidades, quase todas impermeabilizadas pelas edificações e calçamentos. Vemos tanta água nas ruas de São Paulo, encobrindo carros em dias de chuva!
    Por que no Nordeste é um sucesso essa técnica e aqui no Sudeste nem se fala nisso?
    Eu também publiquei um post a respeito desse assunto.
    Creio que a situação agonizante das nossas reservas de água só tende a piorar, pela culpa exclusiva do nosso povo mal educado e distraído ao extremo!
    Abraços e boa semana!

    VitorNani & Hang Gliding Paradise

    ResponderExcluir
  4. Olá, Beatriz
    Este é um assunto que tenho visto ser debatido em vários blogs que visito, o que confirma tratar-se dum tema actual, premente e urgente.
    Você expôe claramente as soluções que existem para a transformação de água não potável em água potável. Você sabe, eu sei... a maioria das pessoas sabe, com certeza, que HÁ soluções. Os governantes, não só do Brasil mas de muitos outros países onde a falta de água afecta as populações - nalguns pontos do Globo o problema causa enorme número de vítimas - sabem, melhor até do que ninguém, quais são as soluções. São caras? Ah pois são! Exigem grande investimento? Nalguns casos, sim. Aí reside o grande problema. O dinheiro não chega para tudo. E para se olhar e tratar do bem estar das populações... não se podem encher tanto os próprios bolsos...

    Já me alonguei demasiado... para além de correr o risco de ver "confiscado" o meu blog -:)))

    Obrigado pela sua visita lá ao meu humilde canto, tão inesperada quanto agradável.

    Apareça mais vezes. Eu virei sempre que possível.

    Um beijo
    MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

    ResponderExcluir
  5. Pois é Maria Célia, estamos diante de um fato agora, se não pouparmos água, ela vai faltar mesmo! Muitos não acreditavam e muitos ainda não acreditam que isso seja possível. Eu sempre ouvi e li sobre uma provável falta hídrica anos atrás, e agora estou constatando que era tudo verdade!
    Temos que cuidar de tudo isso, pois é o único planeta que temos para viver, não é Beth! Você tem razão, sempre vivemos em berço esplêndido e nunca soubemos o que são as guerras e todas as suas consequências, como falta de comida, de água, de suprimentos...
    Vitor, a sua preocupação é a mesma de muitos brasileiros Esta "super" impermeabilização das grandes cidades do país impede que haja absorção de água da chuva, o que acaba provocando os grandes alagamentos de vias e tudo mais. Não vejo incentivo, como em pequenas cidades, de fazer calçadas de jardins, no lugar de cimento e tantas outras ideias simples. Uma pena.
    Não sei se em Portugal é assim, Miguel, mas ao longo dos anos por aqui não se economizou nada! Desde enormes rombos no governo com corrupção, até desperdícios com construções que deveriam nos garantir água e energia, e ainda hoje nem saíram do papel. É difícil quantificar os prejuízos reais disso tudo. Mas é preciso aprender a cuidar de nossos recursos naturais, antes tarde do que nunca!

    Grande abraço a todos!
    Bia

    ResponderExcluir
  6. Great post and SO true... Sounds like you are talking about our country and our politicians...Our politicians ONLY care about get re-elected ---and they lose touch with the grassroots people out there... We have a President who truly is NOT listening to the needs of the people.. He has done nothing but divide our nation into different groups. Makes me sad because we used to be a diverse country with lots of races/cultures/status/personalities/religions/politics/looks, etc... ---that could get along with each other without judgment or criticism. We were peaceful --but now we are angry/greedy/judgmental, etc.. VERY SAD to see this happen here...

    Water is SO needed --and protection of our planet is SO important... We humans are destroying everything little by little....

    Hang in there...
    Hugs,
    Betsy

    ResponderExcluir
  7. .

    .

    . o brasil não merece ser tratado assim . e que não falte a água . sem ela . a vida é um luxo . talvez .

    .

    . um grande beijinho . bia .

    .

    .

    ResponderExcluir
  8. linda a rã!

    gastamos, consumimos, estragamos

    é urgente seguir os bons exemplos de cada país, para que este planeta continue a nossa Terra

    ResponderExcluir