Translate

domingo, 22 de maio de 2016

Andes para cima


As montanhas são mágicas! Adoro esses lugares altos e brilhantes. Aliás, sou uma pessoa muito fácil, pois gosto de todas as paisagens! Diferente da praia, que parece mais acessível, basta estalar os dedos e pronto. A montanha exerce sobre mim um certo fascínio, é algo que está sempre a vista, mas nunca ao nosso alcance. Porém, no Chile as duas coisas andam juntas. Andando por Santiago, olhava o tempo todo para o Oriente e lá estava ela, imponente, branca de neve, parecia piscar para mim: a Cordilheira dos Andes. Com o frio que estava fazendo e a nevasca que caíra na semana anterior, a neve chegou mais cedo no mês de abril. As manhãs eram agradáveis, ora caminhando com amigos queridos pelas ruas da cidade, ora num café tomando uma "tetera de té". Adoráveis momentos também às tardes, visitando museus, diferentes artesanatos, subindo os pontos mais altos da cidade. E os Andes sempre lá, até onde a vista alcança. Não deu outra, tivemos que encarar uma subida com 68 curvas fechadas até os 3.100 m de altitude para falar de perto com a montanha (nada que 3 comprimidos de Dramin não resolvam)! A paisagem era deslumbrante, com neve até o joelho em alguns pontos. Chegamos cedo, quase não tinha ninguém lá em cima. Me senti como em um filme, perdida em algum lugar da Sibéria,  imaginava Dr. Jivago caminhando lá longe na neve, misturei vários filmes na cabeça em 30 segundos! Mas antes de chegar à cena final, aparece um condor voando todo poderoso sobre seu reino montanhoso. Entendi que ali não podíamos ficar para sempre. Era o lugar dele. Com a neve começando a derreter nos telhados no final da tarde, era hora de voltar. No caminho ainda paramos para ver uma família de raposas na estrada, estavam pegando os últimos raios de sol antes de se recolherem com os filhotes. Mais uma bela lembrança para ficar guardada na memória para sempre. E assim é a vida, tão perto, tão presente, tão minha!

Ave típica dos Andes, parou para descansar antes de seguir seu voo panorâmico

"Escuela de Nieve"

E ainda não estava aberta a temporada de esqui!

vários filmes na cabeça...

O sol começa a esquentar...

As montanhas respiram aventura e coragem de quem é destemido a escala-las 

Oi!!!

E no meio do caminho tinha... uma família de raposas!

Descendo as 68 curvas!

Por aqui eu andei...


15 comentários:

  1. Hi Bia, Sorry I haven't been around much lately... LIFE gets in the way of blogging you know!!!! ha.... Love your pictures... I too love the mountains --and they definitely call my name (although I can never reach the top it seems)... As I said in my blog today, I also love the beach... We live far from any beach ---so when we visit the beach, it's a LONG drive to get there... SO--we only do it once or twice a year... In the meantime, I still love to hike in the mountains...

    Take care my Friend.
    Hugs,
    Betsy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Betsy!
      I haven't had too much time to devote myself to bloggers friends, though. I have studied hard to Master's degree... I really know you that you love mountains, you're always traveling or trekking around. Indeed, as you said, the mountains call my name too. That's life!
      Many hugs

      Excluir
  2. Hello Beatriz,
    Yes, the mountains are really a magic place, I agree fully!
    This landscape could also be in my Pyrenean mountains!
    Quite a surprise to discover snow in your blog!!
    Thanks for leaving a sweet comment on my blog, it was great reading you :)
    Keep well and enjoy your travels!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Noushka
      All the landscapes are magic in some way... I don't know the Pyrenean mountains in France, but I believe they're wonderful and full of life! Yes, as we don't have snow in Brazil, when I want to get a little cold, I need to go to somewhere like Chile, ha ha!
      Take care and continue taking beautiful pictures!

      Excluir
  3. e assim é a vida, a deixar pegadas, a respirar o ar rarefeito das grandes altitudes

    uma nevasca bonita :)

    beijinhos, Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Manuela, uma nevasca linda e gelada! Mas tão cheia de vida e brilho que derrete qualquer mal estar lá nas altitudes...
      Grande beijinho Manuela

      Excluir
  4. Oh Beatrice, this post brought so close to a place I'll probably never visit but have thought of often. Your pictures are amazing. I could also picture Dr Zhivago traipsing through the snow. Wonderful post. Thanks for sharing. Greetings Jo (South Africa)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Who knows Jo! Someday you can come to South America to visit Brazil or Chile, hah! Yes, Dr. Jivago could be in that mountain, walking and walking...
      Have a nice weekend in Africa!!!

      Excluir
  5. Linda Bia, que encanto de viagem, que maravilha nos mostrar, amei demais, por instantes me vi aí, nossa, que coisa boa isso, tens mesmo que viver e viver muito para repetir cada viagem que estas fazendo, eis o meu desejo para você!
    Continues a nos mostrar lindos lugares, pois me encanto com cada uma das suas postagens!
    Abraços bem apertados linda amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, viajar é mesmo uma delícia... mas só dá para fazer isso nas férias, rs rs. Procuro sempre por lugares diferentes dos que eu já vi, e costumo achar todos eles lindos de alguma maneira. Cada paisagem tem uma história para ser contada, e eu estou sempre com ouvidos bem abertos, rs.
      Bjs Ivone

      Excluir
  6. Oi Bia
    Que legal sua viagem, você está linda nesta roupa, uma verdadeira maravilha. Você como sempre muito boa com as palavras, escreve divinamente.
    Um beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Célia
      Obrigada pela delicadeza de sempre. Toda viagem é surpreendente, não! Pena que não dá para fazer disso um modo de vida, he he...

      Excluir
  7. Que reflexão, que imagens.
    Adorei.

    Abraço forte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita Sara
      Volte sempre!

      Excluir
  8. As montanhas nevadas têm um quê de mágico mesmo. Só que o frio da neve não é muito apelativo. Para mim, quero dizer. Linda, linda, mas fria e eu e frio não combinamos.
    No máximo, fazer como vc, ir e voltar no mesmo dia. Ah, mas só pelo encontro com as raposas já valeu muito a pena.
    Abraço, querida Bia
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir