Translate

domingo, 9 de maio de 2010

A Mãe Natureza

(A mãe natureza é uma heroína! Tem sobrevivido à tempestades, furacões, vulcões, queimadas, desmatamentos, assoreamentos, terremotos, ciclones e muita falta de educação. Nessa escola da vida, pouco evoluímos. Será que algum dia aprenderemos?)
(Esta é uma foto da BN design ambiental e mostra como animais silvestres são tratados na India. A mãe hindu não mede esforços para amamentar seu bebê e um filhote símio. É a verdadeira imagem da mãe natureza! Na India, os mais pobres (80% ou 800 milhões) ainda preservam o respeito ao planeta e aos seres mais indefesos que vivem nele. Mesmo sem ter nada, o pouco que tem é repartido para dar continuidade a outra vida. O governo indiano é o 2º maior exportador de créditos de carbono do mundo! O Brasil tem muito o que aprender, pois com tanta riqueza natural, ainda valoriza o desperdídio e o desrespeito à natureza)



Nada mais justo que homenagear a nossa mãe natureza neste dia das mães. Quantos lugares lindos ela tem nos proporcionado a vida toda! Quantas experiências inesquecíveis, sublimes, enigmáticas até... Nós, seres humanos, somos mesmo esquisitos, estamos sempre reclamando, enquanto só temos que agradecer. Transcrevo aqui trechos da "carta a mãe natureza", de Max More, traduzido por Ataliba : "Mãe Natureza ... agradecemos pelas qualidades que você tem conferido a nós, com sua lenta e maciça inteligência distribuída. Você nos evoluiu de simples processos químicos replicantes a mamíferos de alguns trilhões de células. Você nos conferiu uma liberdade enorme para viver neste planeta.Você tem nos dado uma longa vida, que transpõe a maioria das existências dos outros animais da Terra. Você nos potencializou com um cérebro capaz de formatar línguas, capaz da razão, previsão, curiosidade ... Capacitou-nos a entender a nós mesmos e causar uma empatia nos outros ... Somos verdadeiramente gratos ... entretanto ... Você, em muitos pontos, tem executado um trabalho muito pobre com a constituição do ser humano. Você nos fez vulneráveis à doenças ... Você nos leva à morte através do envelhecimento, na idade onde estamos mais sábios. Você foi miserável na extensão em que conhecemos nossos processos cognitivos, somáticos e emocionais. Você nos deu uma memória limitada e um péssimo controle sobre nossos impulsos e os tribalísticos desejos xenofóbicos. E, além de tudo, esqueceu de nos fornecer o manual de operação de nós mesmos ... Parece que você perdeu o interesse em nós ..."

3 comentários:

  1. Para imagens como estas não existem palavras mas todos os olhares do mundo deviam saber que ela existe!

    ResponderExcluir
  2. Sandra Amaral17 julho, 2012

    Realmente...esse e o veradeiro Amor de mae....que sente compaixao por outro ser vivo indefeso, tal como o seu filho, e que o cuida como se fosse seu!
    Bem haja!

    ResponderExcluir