Translate

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Navegar, navegar...

Aqui está o grandioso H 42, antigo navio da marinha que durante anos foi navio de pesquisas na Antártica. Hoje, substituído por embarcações mais modernas, virou navio faroleiro. Faz a manutenção dos faróis da costa brasileira. Tive a feliz oportunidade de conhecer este navio por dentro, durante minha estadia em Abrolhos, quando ele parou por ali para pintar o farol e consertar a máquina. É de cair o queixo!!!
Meus amigos pesquisadores utilizavam este barco feito de metal e madeira para subir o rio Cahy ainda com o dia claro. A poucos quilômetros dali o rio deságua no mar.
O tempo em que passei em Natal, no Rio Grande do Norte, tive que experimentar o que é sentir o vento do mar batendo em você em cima de uma jangada. É bem legal! Por várias vezes tive a impressão de que aquele frágil barquinho iria virar ali mesmo. Que nada, aqui estou!
Rio Araguaia às 5:30 da manhã. O sol começando a despontar no horizonte e nós já estávamos de pé. Porque ali é assim, é preciso acordar antes dos mosquitos, e ainda tem que se proteger com roupas apropriadas, senão você vira um prato cheio!
Tive que pegar esta escuna para atravessar de Arraial D'Ajuda para Porto Seguro, depois de uma caminhada de uma semana pelas praias do sul da Bahia. Enfim uma pousada com um bom café da manhã para repor as energias!!!
Estávamos nesta escuna a caminho de Abrolhos, arquipélago a 38 milhas náuticas da costa da Bahia, para fazer a pesquisa rotineira com as baleias que frequentam aquela região no meio do ano. Ficamos em alto mar coletando material para pesquisa, como amostras de DNA, fazendo fotoidentificação, e tudo isso regado a muita emoção!

30 de setembro foi o dia mundial da navegação.
Desde que o homem saíu da Pré-História, começou a procurar locais próximos aos grandes rios para morar e produzir seu sustento. Com isso, teve que aprender maneiras de navegar por esses rios até o mares. Tantas histórias surgiram depois....Como não me lembrar das várias embarcações, rios e mares por onde andei (naveguei)? Singrando pela vida, mergulhando com as ondas, aprendendo com o tempo....a vida vai seguindo seu curso. E aqui um pouco de Fernando Pessoa, que ainda me faz navegar:
"Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa 'Navegar é preciso; viver não é preciso'. Quero para mim o espírito desta frase, transformada a forma para casar como eu sou: viver não é necessário; o que é necessário é criar. Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso. Só quero torná-la grande, ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e (minha alma) a lenha desse fogo. Só quero torná-la de toda a humanidade; ainda que para isso tenha de a perder como minha. Cada vez mais assim penso. Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir para a evolução da humanidade. É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça." E viva Pessoa!

21 comentários:

  1. "Navegar é preciso, viver não é preciso".
    Um viva a estes desbravadores!

    Bjocas

    ResponderExcluir
  2. Bia, tinha feito um longo comentário e sem querer deletei-o. que raiva!

    Você é uma mulher forte e destemida, nem parece assim tão magrinha e elegante, mas vou te contar não sei se teria coragem de enfrentar um mar com vento sobre uma jangada.
    Como eu não entendo nada de navegação, fico presa no 'viver é preciso', mas Pessoa foi muito feliz nos seus versos afirmativos, afinal "Navegar é preciso, Viver não é preciso".
    Queria tanto vencer estes meus medos, pois sou louca pela natureza, mas fico só no 'modo' contemplativo. hehe
    Adorei seu post!
    beijos grandes, cariocas.

    ResponderExcluir
  3. Oi Flavia,
    Concordo com você, se não fossem os desbravadores, ainda estaríamos na Idade da Pedra!!! Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi Beth,
    Já fui muito mais aventureira, hoje estou mais quieta. Também não entendo de navegação, só navego por aí...Mas confesso, não há nada melhor do que o vento do mar batendo no rosto...você viaja mil léguas em pensamento!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, Beatriz
    Que coragem ousadia, intrepidez.
    Parabéns!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Bia,
    continuo vivendo e aprendendo: NAVIO FAROLEIRO eu não conhecia...show de bola! As fotos, o texto e a aventura. Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Muito legal, Bia. Voce tem o verdadeiro espirito aventureiro.

    ResponderExcluir
  8. These pictures are stunning. Thank you for stopping by our blog. Welcome. I look forward to making a cup of tea and reading back over your lovely blog.

    ResponderExcluir
  9. Uallllllll... gamei nesse blog ... Primeiro aquela imagem linda do cabeçalho ... e depois os artigos ... Estou seguindo ....


    bjs

    Daniel Moura
    Blog Feito na Hora

    ResponderExcluir
  10. Obrigada Maria Célia! Acho que aprendi a ser intrépida pela própria profissão....aí não parei mais, he, he!
    Beijos

    Oi Cirilo,
    Como já conheci alguns faróis por aí, sempre ficava imaginando como seria a manutenção de tão detalhada construção. Até que num dia feliz, apareceu na ilha o navio faroleiro H 42 para "reformar" o farol de Abrolhos. É claro que eu acompanhei cada detalhe!
    Beijos para você e Alice!

    ResponderExcluir
  11. Oi Lílian
    Obrigada pela visita! Espírito aventureiro, acho que já nasci com ele, he, he. Mas você também tem!
    beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Hello family Moerks!
    If I lived in your beautiful country I would know all those wonderful places, mainly the great coral reef!!!
    Welcome whenever you want!


    Olá Daniel,
    Seja bem vindo! Passei lá pelo teu blog e adorei as comidinhas! Pena que não levo o menor jeito para a cozinha...
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Cara Beatriz
    A foto do H42 é realmente maravilhosa!
    Amo a natureza e amo viajar.
    Com essas imagens e descrições da' vontade de "colocar o pé na estrada" imediatamente!
    Um abraço
    Léia

    ResponderExcluir
  14. ai, Bia!

    que até me dá arrepios este seu navegar!

    e o navio-faroleiro é onde eu gostaria de estar

    porque gosto tanto de faróis e dos homens que os habitam
    guardiões da noite escura
    cavaleiros das rochas

    e não perca essa força anímica, porque se eu fosse Pátria

    teria orgulho em a poder abraçar

    um beijo

    manuela

    ResponderExcluir
  15. Oi Léia,
    A foto é só uma pequena amostra, pois o H-42 é gigante em tamanho e responsabilidade! Imagine que dentro dele tem até um estacionamento enorme para os carros dos comandantes e marinheiros?!
    Beijocas

    Olá Manuela,
    Navio faroleiro é onde eu gostaria de estar agora, mas também em uma escuna, numa jangada, ou num simples barquinho de madeira atravessando rio que corre para o mar...
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Bia! Como sempre, sua postagem é um show! Fotos e textos super sensíveis e elegantes, adoro! Um grande beijo e uma ótima semana cheia de esperanças para o Brasil do pós-eleições, gostemos ou não dos resultados, democracia é preciso.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  17. hej...thanks for your visit...;)...always fine to meet new blogger here in the virtual world...have a great week and the pictures are amazing...dream abot holidays now...thanks again and until then...cheers and hugs...i...

    ResponderExcluir
  18. Obrigada Ana!
    A democracia realmente é necessária, mas nos força a ir ao segundo turno....
    Beijocas e uma ótima semana!

    Hello Frauheuberg,
    Thanks for your comments! I really like your blogm very colored, although I don't understand much German....
    Welcome here!!!
    A big hug!

    ResponderExcluir
  19. Beatriz que inveja! Viajar assim, nestes lugares tão lindos é demais.
    bjs

    ResponderExcluir
  20. que lindo esse post!!! seus relatos, o navio, fantástico!
    aqui no Japão eu conheci por dentro um navio desbravador da Antártida, chamado Fuji.
    Ele virou museu, fica hj ancorado no porto de Nagoya. até fiz uns posts sobre ele, pq achei fantástico o interior dele e toda a história que ele se refere.

    Abrolhos, pena que só conheço pela tv...é lindo demais né. adorei passear com vc por essas fotos tão bonitas!
    bom dia

    ResponderExcluir
  21. Oi Eliete,
    Os lugares são absolutamente fantásticos! Pena que as fotos não deixam transparecer nem a metade do que é ao vivo e a cores...
    Bjs

    Olá Alexandre,
    Que bacana você ter conhecido este navio que também foi a Antártida! Eles são mesmo uns gigantes em alto mar, não é!? Imagina viajar num desses de verdade, fazendo parte de uma dessas pesquisas...!!! Atualmente minhas pesquisas tem sido só em terra firme mesmo...
    Bjs

    ResponderExcluir