Translate

domingo, 4 de setembro de 2011

Terra indígena protegida!

Índios Kayapó brincando na aldeia. Alegria, inocência e amor à natureza em sua forma mais pura! (foto pirlimpimpim.com)
As pequenas índias Pataxó faziam fila para sentar ao meu lado, enquanto eu ouvia o pajé da aldeia"Barra Velha", na parte baixa do Monte Pascoal, próxima a praia. Um dia para ficar na memória!
Indiazinha Karajá segurando um filhote de tartaruga tracajá à margem do rio Araguaia. O filhotinho já estava com o anel de marcação do IBAMA, um modo de acompanharmos seu desenvolvimento até a fase adulta.Parte das terras dos índios, onde também será construída a usina de Belo Monte. Infelizmente no Brasil, as questões de energia são decididas pelos políticos e não por tecnicos ou cientistas conhecedores do assunto (foto Dida Sampaio - Agência Estado)Artefato usado pelos índios em dia de festa e também vendido como artesanato.Pulseira utilizada pelos KayapóAldeia dos Kayapó ao sul do Pará. Eles priorizam seus recursos naturais, mas a pressão dos madeireiros em troca de dinheiro já está fazendo alguns mudarem de ideia... (foto Cristina Mittermeier)

Em agosto publiquei uma matéria sobre a proteção das terras indígenas Kayapó ( http://www.folhadomeio.com.br ). Infelizmente, nos ultimos 10 anos, os índios Kayapó não resistiram à pressão dos madeireiros e acabaram também se envolvendo na exploração de madeira nobre, especialmente o mogno. É incrível como o homem branco, com sua ganância, alterou os hábitos dos índios nas últimas décadas! Um estudo feito pela ONG Conservação Internacional diz que fora das terras dos Kayapó há uma vegetação terrivelmente alterada pelo homem. São as madeireiras, a pecuária e a agricultura extensiva que detonam aquela área ao sul do Pará, chamada de Amazônia Legal. Tamanho é o estrago que a região está sendo chamada de "Arco do Desmatamento"! Diante disso, os pesquisadores conseguiram recursos para viabilizar projetos de recuperação ambiental dentro das terras indígenas Kayapó. O mais importante é conseguir evitar o desmatamento em um dos maiores trechos contínuos de floresta tropical protegida do mundo! Já tive breve contato com os índios Karajá (quando fui voluntária no rio Araguaia, entre Mato Grosso e Goiás) e com os índios Pataxó (durante um trekking que fiz no sul da Bahia). Sei o quanto eles são vulneráveis e susceptíveis a receber dinheiro fácil. Também sei o quanto eles amam suas terras, priorizando a proteção de seus recursos naturais, e seriam incapazes de maltratá-la. Pois ali pulsa o verdadeiro coração de toda a aldeia!!!!

16 comentários:

  1. Bia,

    Você disse "É incrível como o homem branco, com sua ganância, alterou os hábitos dos índios nas últimas décadas". Eu diria, o quanto o homem, que se intitula civilizado, alterou os saudáveis (para a humanidade) hábitos, costumes, crenças de autóctones, por exemplo de índios nas Américas e de negros na África.
    O seu dia para ficar na memória é fantástico e é privilégio!

    Girassóis nos seus dias.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. post full of interesting news on this wonderful people! Beautiful handmade characteristic work !!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Bia que bom vc ter trazido este tema aqui para o blog. Eu também ja estive perto desses povos e vi a influencia e pressao que os indios sofrem pela ganancia dos "homens brancos". Como vivi 2 anos na Amazonia, tive a possibilidade de ver certas coisas. Mas também alguns indios, pelo menos la, perdem completamente a cabeça e se tornam tao ganaciosos quanto. Na area de exploraçao da Vale no PA, indio tem carro, tv, computador, come sem pagar em restaurantes parceiros da Vale na cidade, tem carro importado, e qdo la estive estavam reivindicando por gasolina, pq nem isso eles queriam pagar. Chegavam nos restaurantes acompanhados de garotinhas para fazerem a festa, comiam ate se fartar e as bebidas alcoolicas proibidas pela Vale, eles davam um jeito de camuflar. Tudo é muito mais complexo vc nao acha? Como podemos agir para que nao percamos tb esta identidade? Para que os nossos indios nao se sintam atraidos por esta vida, e se mantenham enraizados nas suas culturas e tradiçoes de origem.

    Boa semana! Beijo grande!

    ResponderExcluir
  4. Que experiência!
    È Bia, masi uma vez o branco influenciando o índio...corrompendo-o...uma pena...

    Bjosss

    ResponderExcluir
  5. um dia, se não for tarde demais

    teremos obrigatoriamente de regressar à terra, à floresta, ao mar

    entretanto guardo estes nomes lindos: Kayapó,Karajá

    um beijo

    manuela

    ResponderExcluir
  6. É Celina, muitos dias como este ficarão eternizados na minha memória... As indiazinhas Pataxó são muito meigas e toda hora vêm oferecendo algo artesanal para trocar com a gente!
    Beijos e uma boa semana!

    ResponderExcluir
  7. Elettra, unfortunately I coudn't see much about handmade things. But the Pataxó indians have beautiful things you can change all the time!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Brenda!
    Isso infelizmente ainda acontece em muitas tribos aculturadas no Brasil. Mas desde que o homem branco lhes mostrou como é a vida "boa" do outro lado da floresta....difícil será trazê-los de volta, para não dizer impossível!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Flavia
    É realmente uma experiência inesquecível o "breve" contato que tive com as tribos Pataxó e Karajá! Espero encontrar os Pataxó em breve no sul da Bahia...
    Beijinho

    ResponderExcluir
  10. Também acho Manuela
    Um dia teremos que retornar à terra, às origens e (quem sabe?) aos hábitos saudáveis de nossa espécie!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Lindo post! Como sempre!!!!
    Parabéns.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  12. especial esse post. experiências fantásticas né Bia. tenho esperanças de que um dia o "homem civilizado" aprenda a respeitar os índios... é esperança.

    bjs

    ResponderExcluir
  13. A esperança não é a última da fila? Pode ser que algum dia as coisas mudem.....mas eu duvido! Gostaria de ter aprendido mais com os índios, mas não tive tempo suficiente...
    Bejs e uma ótima semana!!!

    ResponderExcluir
  14. Interesting post and wonderful shots of people and kids. So colorful.
    Hope you have a great weekend:-)

    ResponderExcluir
  15. Thank you Spiderdama!
    I love the Indians' culture, and their children are so sweet!!!
    Have a nice weekend too!

    ResponderExcluir
  16. Beatriz, vc tem facebook ? favor entrar em contato se puder Roberto Ecologia , gostaria de comentar sobre as fotos indigenas ... Obrigado

    ResponderExcluir