Translate

sábado, 8 de junho de 2019

As belezas do inexplicável

Praia de Ipanema numa tarde azul

A simples beleza que salta aos olhos, independente de onde esteja, ou quais dificuldades encontre. Aprender a olhar através, apesar de, é essencial para viver em paz. Muitos se foram, outros virão, nós permanecemos (por enquanto) nesse mundo. Tudo muda com o tempo, com as mudanças do clima, com as decisões do homem, com a natureza. Olhar adiante, ao redor, perceber os detalhes por vezes escondidos, nos faz sentir vivos. Como chegamos até aqui é um mistério, como construimos tudo isso em tão pouco tempo, como o gênero "Homo" se desenvolveu mil vezes mais rápido que qualquer outro no planeta Terra é algo que os cientistas ainda batem os neurônios para descobrir. Enquanto isso...... Seguimos administrando nossa própria história, felizes por existir, e admirando a simples beleza do inexplicável! 

O Coliseu, com quase 2.000 anos de história, foi construído em cima do lago da casa de Nero e está aí até hoje!


O Mosteiro dos Jerónimos, às margens do rio Tejo, foi construído no século XVI. Serviu como local de vigília à grandes navegadores, como Álvares Cabral, antes de se aventurarem pelos mares para descobrir novas terras.


O Corcovado visto do Jardim Botânico, beleza única!



Como explicar que um barco de "totora" (espécie de junco que cresce no lago Titicaca, Bolívia), consegue navegar por lagos e oceanos desde o império Inca?


12 comentários:

  1. Magnificent creations.

    I just knew about the boat from the reed "totora"

    Thank you for the photos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Evil!
      This kind of boat is fantastic! I was there and could climb on it and see what it was like inside!
      Cheers

      Excluir
  2. Eu sempre olho essas criações do passado e me pergunto como eles conseguiam. As de hoje certamente não vão durar tanto tempo, nem encantar gerações futuras como fazem as maravilhas da antiguidade. E seguem de pé, séculos (ou milênios) depois!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também penso assim Debora... O passado sempre consegue explicar o presente justamente porque perdura, e isso é fascinante!

      Excluir
  3. O meu hotel em Roma era bem perto do Coliseu.
    Boas memórias.
    Boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pedro
      Onde fiquei também dava para ir a pé ao Coliseu, que lugar fantástico, não! Fico imaginando como era na época dos gladiadores...
      ótima semana!!!

      Excluir
  4. Gostei de ver por aqui o mosteiro do Tejo...
    Lindas fotos de lugares icónicos pela sua beleza...
    Nós passamos, eles ficam...
    Dias de contentamento.
    Beijos
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Majo! Sim, é maravilhoso este mosteiro, que aliás verei em breve novamente, hehe.
      Grande beijinho
      <º(((<

      Excluir
  5. Foi bom viajar aqui :)

    um abraço, Bia

    ResponderExcluir