Translate

sábado, 5 de julho de 2014

Os túneis de Gaza

Bom, pelo que sei, são vários os caminhos que levam à Terra Prometida, e em Gaza não é diferente. Os túneis de contrabando sob a Faixa de Gaza são imprevisíveis e, não raro, levam à morte. A histórica luta desse povo parece não ter fim, e a Primavera Árabe se encarregou de perpetuar essa situação. Sou tomada de tristeza quando vejo situações dramáticas. Não estou aqui para tomar partido algum, seja de religião ou de um lado qualquer, mesmo porque não pertenço a nenhum deles! Mas sei que Gaza é sinônimo de conflito, e é uma terra sofrida, assim como seu povo - mas até quando?



Os palestinos da Faixa de Gaza vivem uma realidade cruel e dependem de contrabandos para os mínimos itens de sobrevivência. Como não há livre comércio entre os países fronteiriços e o cerco imposto por Israel já dura anos, uma das saídas é importar essas mercadorias por túneis clandestinos cavados sob o solo gazano, e aí vão-se mais de 3 décadas! Esses túneis permitem que vivam acima do nível de subsistência, mas não evitam fins trágicos. Desde que Israel aumentou o bloqueio econômico, proibindo quase tudo, cada vez mais palestinos vão para as fronteiras a fim de construir mais túneis. Por eles passam desde material de construção, remédios, alimentos e roupas, até carros! Para muitos é torturante simplesmente esperar a guerra e a pobreza de braços cruzados. Os túneis, em sua maioria, são mal ventilados e vivem desabando. Muitos morrem nessa empreitada, mas nem assim desistem. Pois o mínimo de liberdade conquistada ali lhes dá a sensação de controle sobre sua terra, nem que seja sob ela! Pelo jeito Gaza continua sendo a pulsação resistente da Palestina. Mesmo que as condições de vida sejam difíceis, o povo gazano ainda mantém as esperanças de construir não apenas túneis, mas uma vida mais digna. Para que Gaza finalmente deixe de parecer aos olhos do mundo mais um "campo de concentração", será preciso preciso muito mais que acordos de paz. É preciso que o Oriente Médio volte a ser uma nação irmã!!!

Nos túneis de Gaza tudo é válido para garantir a sobrevivência


Crianças palestinas se escondem atrás da mãe

Igreja das Bem Aventuranças, na Palestina (foto: E. Ribeiro)

As crianças palestinas têm altos índices de estresse, desobediência, irritação e falta de confiança. Isso num contexto de décadas de guerra e descaso social. (foto: Assembleia Geral da ONU-2012)

Jericó, uma das mais antigas cidades do mundo, situada na Palestina às margens do rio Jordão. Sempre foi descrita como a cidade das palmeiras (foto: universal.org)


De certa forma, estamos tão longe geograficamente disso tudo ......... Mas quando vejo tanta matança, ódio e vingança de ambos os lados, chego a duvidar: será que um dia isso vai acabar?

2 comentários:

  1. Querida Bia, muito bom seu post, com imagens pungentes, lindas crianças e, infelizmente, esta guerra que parece não ter fim. Uma pena, um desperdício, uma completa selvageria de ambas as partes.
    Não consigo entender isto tudo, talvez se lá vivesse ou tivesse raízes com um desses povos, mas de longe, como observadora e estrangeira, só consigo imaginar a dor que vai nos corações das pessoas, das crianças inocentes.
    um abraço carioca

    ResponderExcluir
  2. __●__ ●
    _ █___█
    __ █__ █_
    __ █__ █
    __ ███____________█████    
    _█▒░░█_________██▓▒▒▓██ ☆
    █▒░●░░█___ ██▓▒██▓▒▒▓█   ★
    █░█▒░░██_ ██▓▒██▓▒░▒▓█
    _██▒░░██ ██▓▒░██▓▒░▒▓█    ★
    ____█▒░██ ██▓▒░░ ████▓█
    ___█▒░██__██▓▓▒▒░░░██   ★★
    ____█▒░██___████████████
    _____█▒░█▒▒▒▒▒▒▒▒▒▒▒▒█
    ______██████████████████.•°*”˜҈.•°*”˜҈..•°Excelente post !
    ..............★MaRiBeL★ http://yomismaokk.blogspot.com.es/

    ResponderExcluir