Translate

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Voa Vida Leve

Tucano-toco e seu bico amarelo. Já viu um tucano voando livre no céu? É muito, muito lindo, sempre aos pares. Mas e este bico enorme não pesa?  Claro que não, ele tem uma camada oca por dentro, assim ele consegue voar lindamente sem que seu bico atrapalhe.

Já faz uns 3 meses que estive lá, mas as lembranças estão sempre voando em minha memória! Em Foz do Iguaçu está o maravilhoso Parque das Aves, ao lado das Cataratas que separam Brasil e Argentina. Um calor úmido, com chuva forte de repente no meio da tarde, e depois um sol radiante, tudo isso contribui para a magia do lugar! A história começou na Namíbia quando um casal que adorava aves ganhou um papagaio do Congo de presente. Alguém então sugeriu que eles viessem para o sul do Brasil e construíssem um parque para crocodilos. Que ideia! Tá, eles até colocaram alguns pequenos crocodilos lá no covil dos répteis, mas o que eles gostavam mesmo era de observar os pássaros. Dennis Kroucamp e sua mulher Anna, que é veterinária, compraram umas terras de floresta subtropical em Foz do Iguaçu, retiraram todos os detritos acumulados nas terras ao longo dos anos e toda a vegetação invasiva e replantaram somente a mata nativa. Encantados com toda a beleza do lugar, começaram a fazer trilhas no meio da mata e criaram ali um parque para a aves, inaugurado em 1994. Hoje são mais de 1320 aves de diferentes espécies, sendo o maior parque de aves da América Latina, com 50% delas resgatadas de ambientes de maus tratos ou tráfico ilegal. 

A magia está literalmente no ar e você, uma vez ali dentro, não quer mais sair. As aves ficam soltas em vários espaços e você pode passar no meio delas. Toda a área é coberta lá em cima por telas que as impedem de fugir e serem capturadas. Quando entramos no enorme viveiro das araras é uma loucura total! As araras vermelhas, as coloridas e as azuis fazem voos rasantes ou ficam do teu lado apenas observando antes de voarem para as árvores novamente. Não queria mais sair dali. Quase consegui conversar com uma delas! O lago dos Flamingos é também fascinante, próximo ao restaurante. O Casuar, considerada uma das aves mais agressivas e territorialistas do mundo passeia ao longe tranquilamente. Os Tucanos são imbatíveis com sua elegância. E no meio do caminho tinha um borboletário, tão suave como o bater das asas das coloridas borboletas... Um dia quente, úmido, chuvoso, suave e mágico!!!

Toda a leveza dos Flamingos

Hora da comida!

 Agora chega!

Tucano-de-bico-verde, mais tímido que seu primo mais famoso

Ah, como eu adoro essa revoada!!!

Um Mutum distraído no meio da trilha.... Depois de fazer pose para a foto, ele saiu andando tranquilamente

Isso mesmo, cada um no seu galho!

Uma borboleta-coruja pousou bem na minha frente!

Um lanchinho para as "Farfalle"

Tentando estabelecer um contato......

2 comentários:

  1. Que maravilha de lugar, hein, Bia, um verdadeiro paraíso natural, tantas aves belas, magníficas.
    Imagino como você se sente à vontade neste ambiente.
    As fotos são encantadoras, um colorido maravilhoso.
    Beijo, querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Maria Célia, as vezes sinto que estou em meu habitat natural, he he. Mas acho que o ambiente contamina todo mundo da mesma forma, dá uma vontade enorme de ficar ali e voar com todas aquelas aves....
      Beijinho

      Excluir