Translate

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Lugares abandonados e assustadoramente belos!

Onde alguns enxergam desolação total, outros conseguem ver a áurea de um lugar agora ocupado pelo meio ambiente ao redor. Fotógrafos experientes e suas lentes maravilhosas captam a luz perfeita no momento exato. Muitas vezes o ser humano dá vida e graça aos lugares, mas surpreendentemente alguns lugares ficam ainda mais belos sem a presença dessa espécie em particular, onde agora pulsa a natureza para resgatar todo o tempo perdido! Realmente, muitas dessas paisagens são verdadeiros cenários cinematográficos onde a natureza tomou de volta com todo o seu esplendor.... 

Pripyat, Ucrânia: Parque abandonado depois do acidente nuclear de Chernobil em 1986. Devido à radiação, está tudo intocado desde então, e o lugar agora é governado pela natureza.


Antiga aldeia de pescadores no rio Yangtze, China. Foi totalmente coberta pelo verde após seu abandono (foto: Jane Qing)


Castelo antido em Sintra - Portugal, hoje habitado por animais(foto: James Mills)


Casa invadida pela areia no deserto no sul da Namíbia, em Kolmanskop (foto: Kanuman)


Vila Epecuén - Argentina . Não parece uma cena devastadora de filme? (foto: Marsel Van Oosten)


Cidade submersa em Shicheng, China. A cidade, fundada há 1300 anos, está debaixo d'água desde 1959, quando entrou em funcionamento a hidrelétrica do rio Xin (foto: china.org.cn)


 Ilha Holanda na Baía de Chesapeake, tomada por pelicanos e outros pássaros marinhos (foto: Baldeaglebluff)



A Estação de Canfranc, Espanha, fica perto da fronteira com a França. Foi erguida em 1928 e na época era considerada um dos maiores centros ferroviários da Europa. Os nazistas usaram na II Guerra Mundial para o contrabando de ouro. Espiões também passaram por ali para se unir À Resistência Francesa (foto: KarSol)




9 comentários:

  1. É sempre um prazer quando reaparece, querida Bia.
    Grata pela reportagem, as fotos são verdadeiramente belas e impressionantes.
    Ainda ontem estive a observar fotografias aéreas de Itabira. A marca da mineração são enormes chagas que fazem doer a alma. Quanto tempo demorará a natureza a restaurar tamanha agressão?
    Um amigo de Belo Horizonte contou-me que agora andam a vender a madeira das matas de Minas...
    Gostava que visse a minha postagem sobre UM FILME ESPECIAL...
    O blogue é sobre arte, mas sempre que posso, faço intervenção.
    Abraço amigo.
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Majo
      Infelizmente aqui em Minas há muitas cenas de abandono de mineradoras, que depois de tirarem tudo que podem, deixam um rastro de destruição. O pior é que o provável futuro presidente, que está quase ganhando as eleições, já disse que vai acabar com a festa dos órgãos ambientais, com o excesso de fiscalizações com multas e punições. Não sei o que será do futuro do meio ambiente me nosso país....muito triste

      Beijinho

      Excluir
  2. As imagens da China e de Espanha são de cortar a respiração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão Pedro.... Num lugar desses eu ficaria boquiaberta e totalmente sem ação!
      Abs

      Excluir
  3. As fotos são incríveis! Adorei!
    Algumas situações de abandono eu entendo (radiação, construção de hidrelétrica, etc), mas vc sabe o motivo dessa estação espanhola (última foto) ter sido abandonada? Que dó, ainda está tão linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Debora! Nos últimos anos da guerra, muitos judeu passaram por ali fugindo dos horrores do nazismo em direção à Portugal e EUA, como Marc Chagall.Pelo que soube, houve um grande descarrilamento de uma locomotiva em 1970 que provocou o abandono total da estação. Como o estrago maior foi da lado francês, eles decidiram não consertar, e assim ficou. Ela ainda foi cenário na filmagem de "Dr. Jivago", em 1965!Mas parece que o governo da região espanhola de Aragão comprou a estação há alguns anos e pretende reformá-la para transformar em um glorioso hotel na fronteira. Tomara, né!!!

      Excluir
  4. digamos que o homem constrói as suas paisagens urbanas, abandona-as e elas seguem um curso diferente na história

    parece-me que esse lago em Sintra fica no Palácio da Pena e é habitado por cisnes brancos e negros, mas sempre pensei que a construção tinha sido feita para eles :)

    beijinhos Bia!

    ResponderExcluir
  5. Já consigo imaginar este lago cheio de cisnes no nevoeiro ao amanhecer... Lugares mágicos são perfeitos para Portugal! E sim, Manuela, As paisagens urbanas são modificadas ao longo do tempo, e algumas vezes a própria natureza faz delas um porto seguro para perpetuar.
    Beijinho Manu :)

    ResponderExcluir